Salários são reajustados em Imbituba e prefeito negocia direitos dos servidores municipais

Salários são reajustados em Imbituba e prefeito negocia direitos dos servidores municipais

Rosenvaldo Junior estuda conceder plano de saúde e de cargos e salários, além de vale-alimentação aos trabalhadores

Imbituba

Apesar das dificuldades financeiras encontradas, o prefeito de Imbituba, Rosenvaldo Junior, confirmou uma boa notícia para o funcionalismo público. Ele anunciou que o município irá pagar o aumento de 6,03% aos servidores na próxima folha salarial, prevista para o penúltimo dia deste mês.

A garantia do direito referente às perdas salariais da classe no período de 1º de maio a 31 de dezembro de 2015 foi confirmada ao presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Imbituba, Luiz Paulo dos Passos, e ao advogado da entidade, Dr. Ledeir Borges Martins.

O reajuste cumpre a reposição das perdas inflacionárias medidas pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), a qual não havia sido recebida integralmente pelos trabalhadores devido à mudança da data base da classe, ocorrida em maio do ano passado por inciativa do então prefeito Jaison Cardoso.

À época, foi repassado aos servidores somente 3,58% de aumento, referentes ao período de janeiro a abril de 2015. O atual prefeito estuda, inclusive, de que forma implementará o restante da perda salarial dos servidores, estas referentes ao período de maio a dezembro de 2016.

“Ano passado, por causa da Lei Eleitoral e do atraso no encaminhamento da Lei para a Câmara, nossos funcionários tiveram um aumento aquém da perda salarial. Isso vai ser pago agora e já havia sido aprovado anteriormente. Nosso compromisso assumido com o Sindicato é de estudarmos de que forma vamos implementar o restante da perda salarial. Vamos calcular essa perda e analisar como repassaremos isso até o fim do ano”, promete Junior.

rosenavldo-ledeir-e-joao-paulo
A garantia do direito sobre as perdas salariais  foi confirmada pelo prefeito Rosenvaldo (D) ao presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Imbituba, Luiz Paulo dos Passos, e ao advogado da entidade, Dr. Ledeir Borges Martins – Foto: Assessoria de Comunicação da Prefeitura

Vale-refeição, planos de saúde e de cargos e salários: “Faremos uma estudo junto à Secretaria de Finanças”

Outros três pontos debatidos com o sindicalista Luiz Paulo dos Passos dizem respeito a pleitos de muito tempo da classe, inclusive feitos ao próprio prefeito durante sua campanha eleitoral. São os implementos de plano de saúde, plano de cargos e salários, e vale-alimentação aos funcionários que ainda não o recebem, caso dos professores.

“Para tudo isso faremos um estudo junto à Secretaria de Finanças, ver qual seria o impacto em nossa folha e como podemos trabalhar dentro do orçamento que temos para 2017. Assim, vamos ver quando e como implementaremos esses benefícios para nossos funcionários”, explica o prefeito.

“Planos de Cargos e Salários é uma coisa para médio e longo prazos. Mas temos que começar a estudar porque em algumas áreas, devido aos salários deficientes, temos bastantes dificuldades de conseguirmos funcionários, principalmente no trabalho efetivo devido à baixa remuneração. Isso só vai se corrigir se a gente implantar esse plano”, finaliza o gestor.