Alessandra Psicóloga

Últimas

Tarifa telefônica: Vale a pena ter telefone fixo atualmente?

O consultor Mello Júnior afirma não ser vantajoso ter telefone convencional. Projeto para derrubar tarifa básica tramita na assembléia legislativa

11 de Janeiro de 2007 às 00:00min

Tatiana Dornelles
Tubarão

Nos dias atuais, é válido ter telefone convencional em casa? Ou é preferível ter somente celular? As dúvidas ainda estão na cabeça de milhares de usuários de ambas as telefonias, principalmente da fixa, que, além dos impulsos, também tem a taxa mensal de assinatura de cerca de R$ 38,00. O consultor da GM Projetos e Assessoria, Mello Júnior, afirma não ser vantajoso ter aparelho convencional em casa quando pouco é utilizado. “Para quem trabalha em casa, por exemplo, e precisa fazer muitas ligações por dia, é indispensável. O mesmo ocorre para quem utiliza os serviços de internet, que obrigam ter telefonia fixa. Entretanto, para quem usa esporadicamente o telefone convencional, o ideal é não ter”, avalia Mello.

Sem o telefone convencional, a economia média no orçamento familiar gira em torno de 5% a 7%. Para poupar, segundo o consultor, apenas cancelando a linha, já que o valor obrigatório da taxa de telefone é cerca de 10% do valor do salário-mínimo (R$ 350,00). “Mesmo que haja um certo controle das ligações, o consumidor é obrigado a pagar a taxa, mesmo sem usar o telefone. O custo do celular é muito mais barato se comparado com a telefonia fixa”, afirma. Para se ter uma dimensão, atualmente, no Brasil, existem 100 milhões de aparelhos de celular em funcionamento e a utilização do fixo, nos últimos anos, caiu 30%. “Daqui uns cinco ou dez anos, não haverá mais telefonia fixa”, acrescenta.

Já para uma empresa, que efetua bastante ligações locais, de convencional para convencional, é preferível optar pela telefonia fixa. Mas, se as ligações são mais para celulares, o ideal é ter a telefonia móvel com plano pós-pago. Quanto ao pré-pago, é a escolha ideal para quem quer realmente controlar os gastos, pois apenas paga pelo que irá consumir.

As empresas de telefonia, geralmente, oferecem diversos planos vantajosos aos usuários de telefonia móvel, o que faz com que valha mais a pena usar apenas o celular, principalmente quando a utilização não for comercial. “Para este caso, o certo é eliminar o telefone fixo, que, além da taxa, tem uma série de outros custos, como o impulso. O consumidor só tem ganhos se eliminar a linha. Se não o fizer, a despesa continua. Claro que, se cair a taxa fixa do telefone convencional e não aumentar o pulso, valerá a pena ter telefonia fixa”, analisa o consultor.

Enquete

• Por que você acha que a maioria dos catarinenses não desejou a reeleição de Dilma Rousseff?

Opções
Veja enquetes anteriores

Colunas e blogs

Ver todas as colunas

Virtualiza Comunicação