Campanha de Desarmamento Infantil é encerrada com entrega de cesta literária

Campanha de Desarmamento Infantil é encerrada com entrega de cesta literária

Tubarão

O estudante Henrique Peters, 6 anos, tem agora ainda mais motivos para aprimorar o gosto por histórias infantis. O pequeno, que estuda no 1º Ano da escola Arno Hübbe, recebeu na tarde desta quarta-feira (19) uma cesta cheia de livros infantis e revistas em quadrinhos.

A entrega da cesta finalizou a 6ª Campanha do Desarmamento Infantil, organizada em parceria entre a Guarda Municipal e a Academia Tubaronense de Letras (Acatul). Encerrada no sábado passado (15), Dia Mundial do Desarmamento Infantil, a campanha incentivou a troca de armas de brinquedos e jogos de videogame considerados violentos por livros infantis ou revistas em quadrinhos. Além de ganhar uma revista já na troca efetuada nos sebos Catedral e Paixão de Ler, os participantes concorreram a uma cesta literária. “Fiquei muito feliz quando soube que ele ganhou, pois cultivamos muito o hábito da leitura e esse será um incetivo a mais”, comemorou Cibele do Livramento Peters, mãe de Henrique.

O idealizador da campanha, Maciel Brognoli, que é guarda municipal e escritor integrante da Acatul salienta que a intenção é estimular a cultura de paz. “Proporcionar às crianças a possibilidade de adquirirem maiores saberes por meio do mundo encantado das letras é uma forma de transformar o mundo em um lugar melhor e o conhecimento é a ‘arma’ mais poderosa para atingirmos essa meta”, atesta.

Quase 400 armas de brinquedo foram coletadas nas seis edições da campanha e, posteriormente, destruídas. “A quantidade não é o mais importante, pois o mais relevante é a discussão gerada em sala de aula e nas famílias. Além de tirar réplicas de circulação, que podem ser confundidas com armas de verdade, a campanha suscita o debate e desestimula a compra desse tipo de brinquedo”, afirma Brognoli. Além de Maciel, o guarda municipal Giovane Goulart também participou da entrega da cesta ao estudante.