Prefeitura de Tubarão registra prejuízo com desistência de consultas

Prefeitura de Tubarão registra prejuízo com desistência de consultas

Não bastasse o prejuízo financeiro, há o impacto imediato no número de consultas realizadas

Tubarão

Um dos problemas mais complicados de resolver na administração pública é a disponibilidade de médicos especialistas em número suficiente para atender a demanda. O que nem todos sabem é que uma de suas causas são os próprios pacientes.

Não são raros os casos em que usuários marcam consultas com especialistas e não aparecem no dia e hora agendados, como também não avisam nem desmarcam a consulta. Em Tubarão isto não é diferente.

Somente em março deste ano, a Fundação Municipal de Saúde registrou um número total de 53 desistências de consultas que não aconteceram porque os pacientes não compareceram: 19 em otorrinolaringologia, 12 em pediatria, nove em dermatologia, oito em pneumologia e cinco em ginecologia.

Além do prejuízo financeiro (R$ 2.495,00 em março), há o impacto imediato no número de consultas realizadas, uma vez que os médicos ficam impedidos de atender outras pessoas.

“Pedimos aos usuários das unidades que, ao marcarem suas consultas com os especialistas, compareçam, ou desmarquem em caso de desistência, por quaisquer razões”, diz a gerente de Saúde, Chaiana Esmeraldino Mendes.