Ciclone no oceano causa ondas de até quatro metros e ressaca nos balneários

Ciclone no oceano causa ondas de até quatro metros e ressaca nos balneários

Laguna

Conforme previso desde o início desta semana, o mar no litoral catarinense está agitado desde de quinta-feira (10). As ondas chegam aos quatro metros de altura em áreas mais afastadas da costa, desfavorável para a navegação de pequenas e médias embarcações.

O vento presente entre Florianópolis e Passo de Torres é nordeste e com rajadas de 50 a 80 quilômetros por hora. De acordo com a Epagri/Ciram, esta condição adversa no litoral catarinense ocorre por causa de um ciclone e um sistema de alta pressão no Oceano Atlântico.

Para este domingo (13), há riscos de alagamentos por causa da maré alta nas regiões mais baixas do litoral do Estado, como na rodovia Diomício Freitas, em Florianópolis, bem como nas praias do Sul da capital. Balneários em Balneário Camboriú, Barra Velha, Itajaí, Araranguá e Laguna também precisam de atenção.

Edificações, infraestruturas, vias e áreas vulneráveis à erosão e inundações costeiras são acompanhados pela Defesa Civil do Estado. Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros no número 193.

Fonte: Portal Engeplus/Foto:José Adilio