segunda, 23 de outubro de 2017
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Geral

Fiéis celebram padroeira do Brasil

Imagem de 13 metros de altura deve receber a visita de mais de 60 mil devotos nesta quinta-feira, em São João de Urussanga Baixa

Publicado em 11/10/2017 08h36

Fiéis celebram padroeira do Brasil

Lysiê Santos
Tubarão

Nossa Senhora me dê a mão, cuida do meu coração, da minha vida do meu destino, do meu caminho, cuida de mim... Quem não conhece a famosa música “Nossa Senhora”, do ‘rei’ Roberto Carlos? Em gratidão, a santa é homenageada na composição do cantor e será mais uma vez celebrada nesta quinta-feira. A figura da ‘mãe de Deus’, retratada como mulher pequena, negra, coberta por um manto azul, e uma coroa, em imagem encontrada na cidade de Aparecida, comove religiosos e foi proclamada como Padroeira do Brasil. Maria é considerada como aquela que intercede, e que está sempre atenta e na obediência da vontade do Senhor. E principalmente que nunca desampara seus filhos.

A imagem foi descoberta na segunda quinzena de outubro, em 1717 por pescadores, porém a festa de Nossa Senhora Aparecida é comemorada no dia 12 de outubro, quando o Papa, no ano de 1980 consagrou a basílica, em Aparecida do Norte, em São Paulo.

Todos os anos, milhares de devotos realizam peregrinações até a basílica. Para aqueles que não conseguem ir até o local onde fica a imagem oficial, uma opção é a estátua de 13 metros de altura de Nossa Senhora Aparecida, localizada na comunidade de São João de Urussanga Baixa, em Treze de Maio, considerada a maior do país. Mais de 60 mil pessoas são esperadas nesta quinta-feira para contemplar o monumento construído em 1999.

De acordo com o pároco da igreja matriz de Treze de Maio, Nilo Schlickmann, as ações iniciam nesta quarta, às 19h, com a procissão motorizada que sairá do Centro até a localidade para a missa na capela. No feriado, a primeira missa ocorre às 8h, na colina e será celebrada pelo padre Antônio Salvador. Às 9h, o pároco Nilo coordena a missa na capela, ao pé do morro com unção com óleo e consagração dos afilhados. Às 10h, a celebração na colina é conduzida pelo pároco Vanderlei Martins da Rosa e às 15h, a missa na colina conta com o sermão do pároco de Braço do Norte, Joel Marcolino Bittencourt. “Nossa Senhora apareceu para uma classe discriminada como uma esperança enviada por Deus para o seu povo. Todos os anos recebemos milhares de pessoas que vem agradecer pelas graças recebidas. Muitos grupos de romeiros fazem peregrinações de suas cidades até a colina”, relata o pároco Nilo.

Na Catedral de Tubarão haverá missa festiva de ação de graças à padroeira às 19h. A cerimônia religiosa será presidida pelo padre Rafael Uliano.

Presente à 'mãe'

Imagem de Aparecida receberá nova coroa
Para celebrar o jubileu 300 anos do encontro, a imagem de Aparecida, resguardada em São Paulo, vai ganhar nesta quarta-feira uma nova coroa. A peça, manufaturada com ouro doado pelos devotos, foi desenhada por uma joalheria que doou 68 diamantes, quatro esmeraldas, quatro safiras e uma pérola de ouro. A coroação será no Santuário Nacional, em Aparecida, maior templo católico do país. A joia vai substituir a atual coroa durante as celebrações do jubileu em 2017. A coroa atualmente usada, também de ouro, tem 40 pedras de diamante e foi doada pela princesa Isabel em 1868. Ela presentou a imagem em agradecimento pela primeira gravidez. A joia foi colocada na estátua em 1904 e fica no nicho blindado que guarda a imagem da padroeira. O local foi visitado por 12 milhões de romeiros em 2016.

Como tudo começou

Em 1717, três pescadores decidiram seguir de barco pelo Rio Paraíba em busca de peixes para preparar um banquete em homenagem à presença de Dom Pedro de Almeida. Após navegarem por muito tempo sem sucesso rezaram para Nossa Senhora. Logo após, surgiu na rede de pesca a imagem de uma santa sem cabeça feita de terracota. Ao lançarem novamente a rede, encontraram a cabeça da imagem. Os pescadores guardaram as duas partes da santa embrulhadas. Assim que jogaram a rede novamente, os peixes vieram em abundância, fazendo com que tivessem que retornar ao porto com rapidez devido à grande quantidade pescada após encontrarem a imagem. A importância de Nossa Senhora Aparecida para o Brasil é tão grande que ela foi eleita a padroeira nacional pela lei n° 6802, de 30 de junho de 1980. Sua basílica é a segunda maior em tamanho, ficando atrás apenas da basílica de São Pedro, no Vaticano, e a quarta mais visitada do mundo.


VOLTAR
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Tubalcain Faraco, 21 - Centro - CEP: 88701-150 - Tubarão - SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2017. Desenvolvido por Demand Tecnologia e Bfree Digital